Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \21\UTC 2010

Desde o início do ano que eu não parava com os treinos e já se passaram 20 semanas desde o início!! Passou rápido e, ao meu ver, não muito produtivo. Neste ano já tive campenato cancelado, falta de sorte com outros, mal tempo na rocha, entre outros. Mas bem, não estamos nem na metade do ano, e daqui pra frente vem a melhor parte da temporada.

Isso ae, entrando o inverno, tempo bom pra escalar, treinar, etc. Este ano temos ainda, pelo menos mais 22 semanas de climb, muita evolução e motivação pra desenvolver e, pra ajudar, nada melhor que ter descansado, dedos, pele, braços, ombros e costas, semana de escalada leve, mas mantendo o aeróbio forte, nesta semana corri 85Km e outros 205km de bike, pernas cansadas, mas braços e cabeças, na pilha de novo…muito loco, semana passada estava meio brigado com as agarras, hoje sinto falta, bom dar um tempo…

KMON!!!

ABSs

Anúncios

Read Full Post »

Entrevista e vídeo

Taí no blog de Eliseu Frechou uma breve entrevista comigo sobre campenato e uns videozinhos da final, pra quem não estava lá, da pra ter uma idéia de como foi a disputa.

http://espnbrasil.terra.com.br/eliseufrechou 

KMON!!!

Read Full Post »

Novamente em 2°…

Neste último sábado rolou o OPEN The North Face de boulder no ginásio Campo Base na capital Paranaense.

Claro que já em um clima Curitibano (Clima nos 2 sentidos, frio e festeiro) rolou o evento com o convidado especial Daniel Woods.

Particularmente, não lembro de um campenato com tantos competidores e de tantos escaladores fortes juntos. A primeira parte do OPEN foi no formato festival, com 8 setores de escalada e 4 boulders por setor, facil, moderado, difícil e muito difícil. 3:30h de escalada ao som do Dj Piton Head (Eliseu).

Final do 2° Boulder

 No festival deu pra sentir bem o nível da comp…Boulder de qualidade e fortes, com o “Woods”, Jean (MG), Rafinha (DF), Ligeiro (SP) entre muitos outros fortes escaladores disputando as 10 vagas da final masculina (que com tantos monstros, ficou apertada).

Pois bem, depois de já apertar bastante estavamos lá,  nós 10 finalistas para os 3 boulder da final.

Final do Botes

Mandei o primeiro boulders à vista (Madeiras também) o segundo boulder mandei de segunda, pois na primeira cai na saída (Madeiras mandou de prima) e o terceiro e último boulder ninguém mandou, mas o Madeiras caiu na virada e eu pouco acima da Bônus. Pois bem, cá eu em 2° lugar.

No feminino, Thais Makino levou, seguida de Andreia Rissi e  Courtney Sander em terceira.

Woods, Courtney e eu

 

Já na fusão da fetsa rolou um alucinante campento de bote, com Rafinha e Dudu apavorando!!

Enfim, muito bom o campenato, e melhor ainda rever todo mundo..renovador..hehe

Abraços

PS: Fotos de Marcio Bruno

Read Full Post »

OPEN em Curita!

Pra quem não sabe, neste sábado, dia 12/06 vai rolar no ginásio Campo Base, em Curitiba, um grande OPEN de Boulder, evento patrocinado pela The North Face, além da premiação em em $$$ o campenato vai contar com a presença de um dos boulderistas mais fortes do mundo na atualidade, o americano Daniel Woods.  

Pelo que ando vendo será um dos campenatos com maior quantidades de escaladores, Gaúchos, Catarinenses, Paranaenses, Paulistas, Cariocas, Mineiros, Brasilienses e espero que de ainda mais estados estejam lá.

Detalhes importantes:

– A  Campo Base é um ginásio grande com boa estrutura pra essa compe, mas ainda, irá inaugurar um novo muro de Boulder no campenato.

– Daniel Woods acaba de ganhar a última etapa da Copa do Mundo de Boulder, em Vail, Colorado, no final de semana passado (video em HD abaixo)

– No masculino terá uma final de campenato para os melhores do festival, seguido por um festival de bote e claro (sendo em Curitiba) “A” festa com, DJ’s, etc. Tudo organizado pelo próprio Klaus Mink (trape master e organizador do evento)

– Sendo assim, levem seu crachá!

Boa escalada!

Abaixo o link do vídeo das final … Woods destruindo em Vail no último final de semana. KMON!!!

http://vimeo.com/12354816

Read Full Post »

Bom, to atrasado aqui, né?

Estive sem computador, sem net e sem tempo nesta última semana, e desde lá muita coisa aconteceu…

Bom, sobre o Panamericano, acho que vocês já sabem. Em boulder fiquei em 2° lugar, atrás do Chileno Jesus Gonzales que treinou forte e específico pra este Panamericano e de fato escalou muito bem de forma eficiente. A disputa de acirrada, a cada tentativa, a cada mov, a cada a agarra tocada, então somente depois do último mov do último boulder que foi decidida a colocação. Em terceiro ficou o forte Venezuelano Manuel Escobar.

Eliminatórias de Boulder

 

Eliminatórias de Boulder

 

O Campenato acabou no Domingo, saimos TODOS pra tomar um par de “canelazo” ou” encadenasso” como dizia Jesus, jeje (um tipo de quentão de lá a base de laranja e canela) em meio a comentarios do campetição que rolou e da nossa próxima jornada o Vulcão Cotopaxi, 5897m.

Segunda cedo pegamos o teleférico que sobe até 4100m e de lá mais uma caminhada de 6h até o Runco Pichincha, um vulcão de 4711m, já foi uma boa aclimatação. Descemos pra Quito novamente, dormimos por lá e terça pela manhã ja subimos (O guia, Janine, Leizer e eu) de carro a 4500m, de lá uma pequena grande caminhada até o refúgio nos 4800m. Deixamos as coisas e caminhamos até os 5000/5100m mais ou menos.

Teoricamente se toma uma sopa as 18h e vai dormir pra acordar a meia noite , com mais uma sopa e fazer o ataque ao cume..Falo que eu ia dormir as 18h a 4800m, nem mesmo por 10seg..

Enfim,..era 1 da manhã e estavamos nós quatro de pé e anciosos,  com um pouco de frio, fazia cerca de 10/12 graus negativos. A caminhada era cansativa, como se uma simples escada juntando os pés em cada degrau com batimentos por volta de 160 por minuto (o do Leizer um pouquinho mais talvez, hehe). Bom foram sofridos 700m de desnível em meio a uma nevasca que nem o próprio guia nunca havia visto e assim, chegando a uma pequena caverna  a 5500m decidimos descer por segurança, já era tarde pra essa altura (quase 5 da manhã) o vento e a nevasca eram fortes e nosso delegado não estava nas melhores condições.

Por mais que tenha sido sem cume, foi muito alucinante estar em uma montanha ou em um vulcão, ceretza que vou voltar a fazer.

Depois de mais um role por quito, uma escalada na rocha, uns boulder e vias no muro do campenato, estou de volta ao Brasil, ainda meio que recuperando de tudo, do campenato, da montanha e principalmente de um séria infecção que tive que me rendeu um grande susto a suas bateria de exames na internação no hospital no segundo dia em Sampa.

Isso ae..KMON!!!

Até Curita!

Read Full Post »